Veja como anda a educação do Brasil

O Exame Nacional do Treino Médio, Enem, é hoje o essencial princípios de admissão nas instituições públicas de nível superior. Tendo, em vários casos, cambiado o inicial, os dias de prova do Enem são os mais aguardados ano depois de ano por milhares de vestibulandos ansiosos. Para se sair bem, é fundamental conquistar o máximo de informações possível para se preparar, e foi pensando em você que fizemos esse formulário supercompleta

A primeira união do exame foi aplicada em 1998, com o intuito de pensar os competências adquiridos ao longo o Treino Médio. Foi apenas a começar por 2004 que o exame começou a ser empregado como princípios de admissão em recurso e, em 2010, com a elaboração do Sistema de Compilação Unificada (Sisu), o Enem passou a ser mais popular que o inicial clássico.

Veja como melhorar a educação

O Enem já não serve somente como um inicial moderno, porém similarmente é parte do processamento seletivo para a compra de financiamento discente pelo Fies e para o admissão em recurso públicas pelo Sisu. Além de proporcionar a eventualidade de bolsas de pesquisa parciais e integrais em instituições particulares de treino superior pelo Prouni e em cursos técnicos pelo Sisutec.

As provas do Enem são realizadas em 2 domingos seguidos. No primeiro dia, são realizadas as provas de Linguagens e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Texto, com um completo de 5 horas e 30 minutos para a prática do exame. Já o de acordo com dia de provas abordará somente os conteúdos de Ciências da Classe e Matemática e suas Tecnologias, com o tempo serenado para 4 horas e 30 minutos.

Variadamente que ocorria nas edições do Enem até 2016, agora as provas são realizadas em 2 fins de semana distintos, reduzindo o stress sobre o candidato.

A comunicação no Enem é aberta a todos que quiserem corporificar a prova. Para se associar, basta acessar o site oficial do Enem nas datas estipuladas no edital do ano atual. Para favorecer e estimular a comunicação do candidato com o site, foi lançado o aplicativo oficial do Enem, que já está disponível na App Store e Google Play.

Agora é possível transportar com você, em seu smartphone ou tablet, o cronograma oficial do Enem, seus dados cadastrais, um FAQ completo com as dúvidas mais frequentes e que são capazes de lhe soltar nos dias de prova.

Veja como ter uma educação melhor

Além disso, é possível ganhar notificações lembrando a afinidade de datas essenciais, conquistar de modo direto no telefone celular o classe oficial das provas e o resultado com as notas do exame. Basta digitar seu CPF e palavra-chave cadastrados no postura da notação para ter todas as funcionalidades da passagem do membro na conquista das mãos.

Para mais informações, confira nosso post sobre o Aplicativo do Enem. A notação no Enem é feita completamente na internet e realizada em poucos minutos. Basta estar ligado ao tempo de notação publicado no edital e no aplicativo oficial do Enem.

Você pode examinar nosso tutorial com o passo a passo sobre como se associar no Enem. Nele explicamos como proceder em cada etapa da notação e quais informações são necessárias, a partir de o início até a entendimento da notação.


A cada ano, o Inep estipula um valor para a tarifa de notação do Enem, que serve para auxiliar a pagar os gastos com a fabricação, impressão e aplicação da prova. O valor da tarifa pode variegar a cada ano, estando hoje cerca de R$ 80,00, e pode ser combinado no edital, disponibilizado no site oficial do Enem.

A dispensa automática é garantida para os alunos que estiverem inferindo o Treino Médio em academia pública, porém se esse não for o seu caso, mostramos a seguir outras formas pelas quais é possível ganhar a dispensa de tarifa.

Candidatos que já concluíram o Treino Médio em anos anteriores são capazes de ficar isentos se comprovarem renda privado inferior a 1,5 salário mínimo por indivíduo. É preciso, similarmente, ter cursado do primeiro ao último ano do Treino Médio em academia pública.

Outra escolha destina-se aos alunos de escolas particulares que contem renda inferior a 1,5 salário mínimo per capita e que cursaram todos os anos do Treino Médio na requisito de bolsista integral.

Veja como anda a educação do Brasil
Avalie este artigo!